Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Emoções positivas associadas ao putting

por mascatinha, em 25.06.05
circuitmotionspos.gif
Vamos promover a experienciação de emoções positivas (como a alegria, o optimismo, o amor, etc.) e da regulação emocional, ou seja, a nossa capacidade de gerir e regular o que sentimos e o que pensamos sempre numa perspectiva positiva, e isso é importante no golfe como na vida, senão acreditam sigam a lógica do circuito das emoções positivas, associados ao putting, criado por um psicólogo do desporto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

renemagritte.jpg
Era uma vez um homem (marciano) e uma mulher (venusiana) que se encontraram, se apaixonaram e se casaram.
No começo, tudo é uma maravilha. Eles discordam, mas não brigam. Acham charmosa a divergência: domingo de sol, ele acorda cedo e espera, pacientemente, que ela saia da cama às onze horas... Se ele fuma, ela não reclama do fumo do cigarro. Chegam até a desistir do futebol, caso ele seja do Benfica e ela do Sporting. Mas nada como um dia após o outro...
Passada a emoção da conquista, quando o quotidiano passa a fazer parte da relação, a maioria das pessoas parece se esquecer de dar à "diferença" o seu real valor: o que antes cativava agora incomoda, e o que era charme virou defeito.
Todas as mulheres são iguais – e os homens, idem. Quando se aborrecem, eles querem silêncio e solidão. Já entre elas, as preocupações resultam na matraca desenfreada, pois falando acalmam-se. O ego masculino é movido à base de conquistas – o feminino é pura emoção. Ele deve escutá-la, e ela compreender o seu silêncio.
O tempero do relacionamento amoroso é a diferença de pensamento e de atitude, que permite a cada parceiro aprender e ensinar muitas coisas. Se ao invés de perder tempo e energia com intermináveis discussões - nas quais um tenta convencer o outro de que a sua visão da vida é mais sensata - os casais percebessem que a divergência os aproxima e os mantém unidos, aconteceriam menos desencontros e frustrações amorosas. Basta um pouco de atenção e honestidade consigo mesmo e com o parceiro para uma comunicação imediata e eficaz.
"A principal causa dos conflitos é que homens e mulheres não conseguem comunicar-se. É preciso que cada um se disponha a aprender o idioma do sexo oposto, traduzir e interpretar o seu pensamento. Os marcianos – no caso, os homens – dão muita importância ao trabalho, à competência, à capacidade e às conquistas. Já para as venusianas – as mulheres – há coisas mais importantes que isso: qualidade dos relacionamentos, família, casa, amor e cooperação comunitária.

Leiam este livro, de John Gray!

Autoria e outros dados (tags, etc)

banho.jpg
Alguns dos nossos golfistas abrantinos encontram-se a jogar ao seu melhor nível!

Devem andar a treinar a sério! Bravo!

É de facto fantástico, com as temperaturas sentidas, jogar e treinar, quando apetece mesmo é ir a banhos.

Perante isto, sou levada a pensar que a minha paixão é muito menor que a deles. Aliás, esta onda de calor fê-la esfriar completamente.

Vamos aguardar por temperatura mais amenas, para swingar e gozar do prazer que é andar no campo, praticando este fantástico desporto. Existem muitos mais prazeres na vida, e há que desfrutá-los.

Quem joga golfe sabe: uma tacada precisa depende da escolha do taco, do swing perfeito, do cálculo da distância, do momento ideal. E com estas temperaturas….nem o cérebro funciona direito!...

Vamos para a praia, aproveitando estes feriados que se avizinham, e viremos de lá muito mais em forma, para trabalhar na próxima semana e jogar no fim-de-semana seguinte.

Autoria e outros dados (tags, etc)


A Vida e o Golfe II

por mascatinha, em 03.06.05
LRP6.jpg
Este desporto é uma metáfora dos valores que considero essenciais na vida, como sejam a responsabilidade, o esforço, a integridade e o respeito por si, pelos outros e também pela natureza.

O golfe baseia-se na integridade individual, no respeito que cada um deverá ter pelos parceiros e pelas regras. Todos os jogadores devem comportar-se disciplinadamente, demonstrando cortesia e desportivismo em qualquer situação. É este o espírito do jogo.

No jogo devemos nos concentrar numa estratégia para encarar o campo e depois pensar bem na próxima tacada. A tacada anterior já não vale, apenas conta como importante, a que está na nossa frente, como qualquer outra decisão das nossas vidas. Não devemos olhar para trás e pensar nos erros que fizemos, temos que tentar fazer sempre mais e melhor…

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

subscrever feeds